Ir para a página inicial


São Paulo - Brasil

Notícias

 
EUA ENCERRAM TRANSMISSÕES DA TV ANALÓGICA EM TODO O PAÍS

FotoSexta-feira marca transição após seis décadas do uso desta tecnologia. Quase 3 milhões de lares ainda estão despreparados para a TV digital. Clique aqui e leia mais...



Do G1, no Rio

As estações de TV dos Estados Unidos deram início ao corte de todos os seus sinais analógicos, nesta sexta-feira (12), pondo fim ao uso da tecnologia que levou suas imagens para todos os cantos do país durante seis décadas. A data representa o prazo final para o processo de transição completa do sistema de radiodifusão para a tecnologia digital.

Segundo dados de uma pesquisa realizada pela Nielsen, cerca de 2,8 milhões de lares norte-americanos estão completamente despreparados para a transição, apesar do bombardeio de anúncios na TV propagando a iminente mudança, informou o "New York Times".

Outras 9,5 milhões de famílias não estão totalmente prontas para receber o sinal digital, o que significa que podem ter atualizado alguns de seus televisores, mas não todos. "Lares jovens, afroamericanos e hispânicos são desproporcionalmente mais despreparados, enquanto os lares de idosos são os que estão mais prontos", publicou o "TVNewsDay".

A transmissão digital traz índices mais elevados de qualidade de imagem e som, além de novos canais para os telespectadores. A Comissão Federal de Comunicações dos EUA (FCC, na sigla em inglês) colocou 4 mil operadores de plantão para receber chamadas de telespectadores ainda confusos com a mudança, além de criar centros demonstração da nova tecnologia digital em várias cidades norte-americanas.

Até o início da tarde desta sexta-feira, a FCC recebeu 122.389 chamadas, quase quatro vezes mais do que na quinta-feira (11), que tinha sido o dia mais movimentado até agora, disse o porta-voz do órgão, Mark Wigfield, à agência de notícias Associated Press.

O recém-disponível espectro analógico deixado pelas emissoras de TV será utilizado para serviços sem fio avançados e comunicações de emergência, ainda segundo a FCC.

De acordo com o "New York Times", o governo dos EUA tinha a intenção de que a transição fosse iniciada em fevereiro, mas o processo sofreu um atraso de quatro meses, mesmo com a pressão feita pela administração Obama para uma rápida decisão do Congresso norte-americano.


A TV digital no Brasil

fonte: CTA Eletrônica


No Brasil, as emissoras ainda terão que esperar pouco mais de 8 anos para encerrar as transmissões analógicas. Ao contrário do que a maioria pensa, a transição somente será feita quando os telespectadores forem capaz de receber esta nova tecnologia em seus velhos televisores através dos conversores digitais (set-top-box) e não quando todos os consumidores puderem ter novos televisores digitais, LCD, plasma ou TVLED.

Mas a combinação ou investimento para ter acesso ao sinal digital, seria em torno de R$250,00 (conversor sem alta definição) e ter certeza de que a recepção de UHF é boa no local da instalação.

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, afirmou em julho do ano passado, que o conversor "popular" para TV digital seria lançado em São Paulo, com preços variando entre R$199,00 à R$299,00 (inclusive com acesso a internet).

Mas passado um ano deste anúncio, a realidade para os consumidores brasileiros ainda é um pouco diferente disso. Veja abaixo alguns conversores disponíveis no mercado:

Conversor para TV Digital (DC 2007M) - Semp Toshiba = R$ 600,00 (HD Alta definição - 1080p)

Receptor para TV Digital Bravia - Sony - DMXDT1 = R$ 897,83 (HD Alta definição - 1080p)

Semp Toshiba DC 2008M = R$ 500,00 (SD – definição convencional 480i)

Century DTR1900T = R$ 290,00 (HD Alta definição - 1080i)

Proview XPS-1000 = R$ 329,00 (HD Alta definição - 1080i)


Contratar Técnicos | NotíciasCadastre-se | Bom Dia | Mural | Contato