Ir para a página inicial


São Paulo - Brasil

Notícias

 
Cientistas criam método para produzir microrrobôs em massa

FotoTrabalhando em conjunto, pesquisadores da Suécia, Espanha, Alemanha, Itália e Suíça desenvolveram um método que permite a fabricação em massa de "microrrobôs" completamente funcionais e incrivelmente pequenos: apenas 4mm de comprimento.

» Microcâmera digital vai equipar robôs militares
» Artista usa relógios antigos para criar insetos-robôs
» Microrrobôs serão parte do futuro, diz diretor da Intel

Segundo a revista PhysOrg, os robôs são compostos de um "sanduíche" de cinco camadas (célula solar, módulo de comunicação, processador, pernas e sensor, capacitor) dispostas em uma única placa de circuito impresso flexível, que é dobrada para montar as máquinas. Elas são capazes de se movimentar usando três pernas que vibram, com uma quarta perna servindo de sensor do ambiente.

Embora individualmente os robôs sejam muito simples, com ações modeladas no comportamento de insetos, o framework "I-SWARM" (intelligent small-world autonomous robots for micro-manipulation ou robôs inteligentes autônomos miniaturizados para micro-manipulação, na tradução) pode ser usado para fazê-los coordenar esforços e trabalhar em conjunto na execução de uma tarefa.

Os pesquisadores agora trabalham na melhoria do processo de fabricação, visando chegar a um ponto que permita a criação de máquinas mais complexas. Atualmente, a montagem de cada robô é feita manualmente, e a taxa de perdas na linha de montagem é grande. Espera-se que, com a produção em grande escala, ela se torne economicamente insignificante.

Microrrobôs tem apenas 4mm de comprimento

Terra - Tecnologia

Contratar Técnicos | NotíciasCadastre-se | Bom Dia | Mural | Contato